Arquivo da tag: biomassa de banana verde

Bolo cremoso de milho – funcional e naturalmente saudável!!

Que tal um bolinho para o fim de semana que está chegando?!

Aproveitando que os milhos orgânicos apareceram novamente nas prateleiras, saiu este bolinho delicioso para a  #lancheira saudável dos meus amores (pequenos e grande!).

É daqueles com gostinho de conforto, aconchego…..quase um colinho saudável 😉

Fica bem molinho! Experimente!

Bolo cremoso de milho - funcional

  • Porções: 1 bolo médio
  • Dificuldade: easy
  • Imprimir

IMG_4825

Ingredientes:

  • 2 xic. de milho orgânico cozido sem sal
  • 1/2 xic. ou mais de água filtrada (para bater o milho)
  • 2 ovos
  • 5 col. sopa de óleo de côco
  • 4 col. sopa de amaranto em flocos
  • 2 col. sopa de farinha de côco caseira
  • 2 col. sopa de côco ralado (ou resíduo do leite de côco)
  • 1 col. sopa de biomassa de banana verde
  • 1 col. sopa de linhaça dourada
  • 1/2 xic. de leite de côco caseiro
  • 1/2 xic. de açúcar demerara (ou mascavo ou de côco, mas escurecerão o bolo)
  • 1 col. sopa de fermento em pó
  • 1 col. chá de canela em pó

Modo de fazer:

No liquidificador, coloque o milho e a água e bata até ficar um creme. Depois, vá colocando nessa ordem, os ovos, o açúcar, o óleo de côco, o leite de côco, o côco ralado, a biomassa amolecida e a linhaça, e vá batendo até ficar homogêneo.

Num bowl, coloque o amaranto, a farinha de côco, o fermento e a canela. Junte o líquido nesse bowl e mexa bem.

Unte uma forma antiaderente ou forminhas de muffim com óleo de coco e asse em forno pré aquecido à 180 graus por 30 minutos, aproximadamente.

IMG_4818

Enjoy!

Brownie funcional deliciosamente incrível!!

A sobremesa que mais amo: bolinhos quentes com sorvete!! Pode ser brownie ou petit gateau de qualquer sabor, quentinho com sorvete (só uma bolinha pode!!)…..amo de paixão!! Portanto, não podia deixar de ter aqui uma receita saudável dessa delícia….esse pode comer sem culpa, é saudável e muuuuito bom!!

Bora adoçar o fim de semana!!

Brownie funcional

  • Porções: 8
  • Dificuldade: easy
  • Imprimir

IMG_2312

Ingredientes:

  • 150g de chocolate 70%
  • 2 ovos
  • 3/4 xic. de leite de coco caseiro
  • 3 col. sopa de biomassa de banana
  • 1 col. sopa de coco ralado
  • 2 col. sopa de farinha de amêndoas (triturar as amêndoas no liqui ou processador)
  • 2 col. sopa cheias de cacau em pó
  • 2 col. sopa de óleo de coco
  • 3 col. sopa de açúcar demerara (ou outro açúcar/adoçante saudáveis)
  • 1 col. café rasa de sal marinho
  • 2 col. sopa de nozes picadinhas (pode ser avelãs ou a castanha que preferir)

Obs: não uso fermento no brownie pois gosto dele sólido e úmido, caso prefira ele fofinho, adicione 1 col. café de fermento em pó

Modo de fazer:

Em banho maria, derreta o chocolate. Retire do fogo e acrescente a biomassa, misture. Vá juntando os demais ingredientes e mexendo bem. Se for usar o fermento, ele deve ser o último.

Unte uma forma retangular com óleo de coco, coloque a massa e espalhe. Asse em forno, temperatura média, por aproximadamente 20 minutos.

Sirva quente ou frio!

Enjoy!

Creme funcional de abóbora – Naturalmente Saudável

Desde criança adoro sopa, aliás todos na família gostam muito….ela aparece com frequência em nossos jantares aqui em casa ou quando estamos todos reunidos na chácara. Sempre variando o estilo, às vezes cremosa, às vezes caldosa, com legumes, com proteínas, com ou sem massa, oriental, thai, estilo caseira, canja…..não importa, é sucesso sempre!!!

E a saúde agradece, pois normalmente vem cheia de ingredientes do bem e nutrientes….o corpo agradece, pois aquece, acolhe e conforta!

Creme funcional de abóbora

  • Porções: 6
  • Dificuldade: easy
  • Imprimir

IMG_0251

Ingredientes:

  • 1 abóbora cabotian descascada, cortada em cubos grandes (se preferir, pode usar com casca, a sopa ficará esverdeada)
  • 1 talo de alho poró cortado em rodelas
  • 1 cenoura cortada em cubos
  • 2 xic. de leite de coco caseiro (receita aqui)
  • 2 col. sopa de biomassa de banana verde amolecida(receita aqui)
  • azeite
  • sal marinho
  • pimenta dedo de moça à gosto (opcional)
  • Coberturas: folhas de coentro, queijo de cabra, sementes de girassol ou outra, chips de peito de perú*, aspargos verdes salteados em azeite

Modo de fazer:

Numa panela, refogue o alho poró com azeite e quando murchar, acrescente a abóbora e a cenoura. Refogue por uns 3 minutos. Acrescente água filtrada até cobrir metade da quantidade de abóboras, tempere com sal e cozinhe até amolecê-las.

Bata no liquidificador ou com um mixer até obter um creme. Volte ao fogo, acrescente a biomassa e o leite de coco. Pronto!

Sirva com as coberturas e um fio de azeite.

*Para o chips de peito de perú: coloque sobre um prato, fatias de peito de perú e leve ao microondas, de 1 em 1 minuto até ficar crocante.

Enjoy!

Sopa cremosa de couve flor – Naturalmente Saudável

Essa é uma das minhas sopas favoritas. Receita do programa Bela Cozinha, do GNT, com algumas modificações minhas….não resisto em fazer umas mudancinhas nas receitas hehe….

A couve flor é uma hortaliça de fácil digestão, rica em cácio, fósforo e vitaminas A e C. Livre de gorduras e possui baixo teor de sódio e carboidratos.

Leve e quentinha, aquece, acolhe e nutre de forma naturalmente saudável!

Sopa cremosa de couve flor

  • Porções: 2
  • Dificuldade: easy
  • Imprimir

IMG_9766

Ingredientes:

  • 1 couve flor média orgânica
  • 1/2 talo de alho poró
  • 1 col. sopa de biomassa de banana verde (opcional – receita aqui)
  • noz moscada ralada na hora
  • azeite
  • sal marinho
  • salsinha para polvilhar

Modo de fazer:

Separe a couve flor em pequenas árvores e cozinhe por uns 6 minutos em água e sal. Escorra e reserve a água do cozimento.

Numa panela, refogue o alho poró em azeite até murchar, acrescente a couve flor (reserve algumas árvores menores para colocar no fim do preparo). Refogue por uns 3 minutos, depois acrescente a água do cozimento e deixe ferver por mais uns 3 minutos. Acrescente a biomassa. Bata no liquidificador ou mixer. Coloque as árvores que reservadas.

Tempere com noz moscada e corrija o sal.

Sirva com um fio de azeite e salsinha picada.

Enjoy!

Lasanha de pupunha e cogumelos – sem massa – Naturalmente Saudável

Da série “jantares leves”, hoje temos a lasanha de pupunha com recheio de cogumelos, vegetariana, sem massa, sem glúten, sem lactose, com muuuuito sabor e, naturalmente, saudável!!

Lasanha de pupunha e cogumelos

  • Porções: 2
  • Dificuldade: easy
  • Imprimir

lasanha pupunha

Ingredientes:

  • 1 bandeja de shitake
  • 1 bandeja de shimeji
  • 1 bandeja de cogumelos paris
  • 2 col. sopa de biomassa de banana verde amolecida(receita em ‘base da culinária funcional’)
  • 2 bandejas de palmito pupunha cortado para lasanha (já compro assim)
  • salsinha e cebolinha orgânicas
  • sal trufado (opcional)

Modo de fazer:

Corte o shitake e paris em tiras finas e desmonte o shimeji em partes pequenas. Numa panela ampla, refogue os cogumelos em azeite e deixe cozinhar até secar quase toda água que formar. Tempere com sal marinho e o cheiro verde. Acrescente a biomassa e mexa bem. Reserve.

Em outra panela, com água fervente e sal, coloque o palmito por 1 minuto, retire e deixe escorrer. 

Para a montagem: unte um refratário quadrado ou retangular com azeite. Coloque a 1a camada de pupunha, salpique 1 pitada do sal trufado por cima (opcional) e coloque 1 camada de cogumelos; 2a camada de pupunha, sal trufado, 1 fio de azeite, cogumelos; 3a camada de pupunha, repita como a 2a; cubra com a última camada de pupunha. Coloque um fio de azeite, cubra com papel aluminio e leve ao forno por 25 minutos.

Enjoy!

PS: se você for usar o sal trufado, cuidado com as quantidades de sal (marinho e trufado) que utilizar em todas as preparações desse prato para não salgar demais!

 

Waffle funcional de cenoura – naturalmente saudável

Ah, como queria fazer waffles saudáveis para o lanche da tarde!!! E ontem foi assim, estreando minha mais nova aquisição, a máquina de waffle! Saiu esse docinho e super funcional, ficou lindo e muuuito gostoso. Adorei! Já estou com mil idéias para os próximos….

Corre que ainda dá tempo de fazer para hj! Se não tiver a máquina, pode fazer em formato de panqueca americana (mais alta). Variedade na alimentação é fundamental!

Waffle funcional de cenoura

  • Porções: 1 grande
  • Dificuldade: easy
  • Imprimir

Waffle cenoura

Ingredientes:

  • 1/2 cenoura média
  • 1 ovo caipira
  • 2 col. sopa rasas de açúcar demerara
  • 5 gotas de essencia de baunilha orgânica
  • 6 amêndoas
  • 2 col. sopa de amaranto em flocos
  • 2 col. sopa rasas de farinha de banana verde
  • 1 col. sopa de biomassa de banana verde amolecida
  • 5 col. sopa de leite de coco caseiro
  • 1 col. chá de ghee (manteiga clarificada)
  • 1 col. café de fermento quimico
  • 2 bananas cortadas em rodelas, mel, amêndoas em lascas, goji berry e chia para colocar em cima

Modo de fazer:

No liquidificador, bata a cenoura, o ovo, o açúcar e a essencia. Acrescente as amêndoas, o amaranto, a farinha de banana, o leite de coco, a manteiga e a biomassa e bata novamente. Acrescente o fermento e pulse apenas para misturá-lo bem.

Despeje na máquina de waffle untada com óleo de coco e siga as instruções do fabricante para tempo e temperatura.

Se for fazer em formato de panqueca, coloque numa frigideira untada com óleo de coco e tampe. Depois vire para dourar do outro lado.

Coloque as bananas, o mel, as amêndoas, goji berry e chia por cima. Sirva quente.

Enjoy!

PS: você pode usar outras frutas, castanhas, geléias, ganaches ou o que mais a criatividade mandar!! Opte sempre pelo saudável!

PF de casa com picadinho de mignon – Naturalmente Saudável

Esse PF é simples e as crianças adoram!!

PF com picadinho de mignon

IMG_0303

Arroz integral

Batata doce assada: cortada em rodelas (pode ser com casca- até melhor!) temperada com azeite, sal e alecrim no forno

Picadinho de mignon: refogue cebola no azeite, acrescente a carne e quando começar a cozinhar, coloque a cenoura em cubinhos. Por último, a ervilha fresca congelada (não de lata!) e a biomassa de banana verde. Você pode colocar outros legumes, cogumelos ou o que a criatividade mandar!

Couve refogada em azeite e alho

Salada de folhas e tomates sempre!! hoje sem foto da salada :((

PF de casa com filé de tilápia empanado – Naturalmente Saudável

Esse PF é uma explosão de nutrientes, cores e sabores!!

PF com peixe empanado

 PF 3

 

Salada de cenoura e beterraba raladas e pepino em palitos

Purê de inhame com mandioquinha feito da mesma forma que expliquei no PF anterior, usando também mandioquinha e o leite foi de coco e acrescentei uma colher de biomassa de banana verde

Catalonha refogada com alho e óleo de coco

Beringela da tia Bene: refogada com alho, azeite e tomates

Filé de tilápia (ou St. Peter) temperado com sal, limão, gengibre ralado e azeite, e empanado com uma mistura funcional de farinhas: 2 col. sopa de farinha de linhaça dourada, 2 col. sopa de amaranto em flocos, 2 col. sopa de farinha de coco e 1 col. sopa de gergelim. Apenas passe o peixe temperado nessa farinha, apertando um pouquinho para que fixe. Forre a assadeira com o que sobrou da farinha e asse em forno médio

As crianças comeram também arroz integral

Aí vai um close do peixe:

Peixe empanado

Perfeito!

 

 

 

Bolo funcional de fubá com goiabada – Naturalmente Saudável

Ontem a casa ficou perfumada com esse bolinho!!

Adaptei uma receita que já tinha feito e ficou delicioso! Fofinho demais…as crianças amaram!

E naturalmente saudável!

Bolo funcional de fubá com goiabada

  • Porções: 12 muffins
  • Dificuldade: easy
  • Imprimir

bolo fubá-001

bolo fubá 2-001

Ingredientes:

  • 1 xic. de fubá orgânico
  • 2 ovos
  • 1/2 xic. de açúcar demerara
  • 1/2 xic. de leite de coco caseiro
  • 2 col. sopa de farinha de amêndoas (basta processar amêndoas no liquidificador)
  • 2 col. sopa rasas de coco ralado (usei o fresco)
  • 1 col. sopa de biomassa de banana verde (opcional- deixa o bolo mais nutritivo e macio)
  • 1 col. sopa de ghee (manteiga clarificada)
  • 1 col. sopa rasa de fermento químico
  • goiabada orgânica cortada em cubos
  • óleo de coco para untar

Modo de fazer:

Unte as forminhas de muffin com bem ppouco óleo de coco. Se forem de silicone, unte somente o fundo.

Amoleça a biomassa com uma colher (sopa) do leite de coco. Reserve.

No liquidificador, coloque o fubá, os ovos, o açúcar, o leite de coco restante, a farinha de amêndoas e a ghee, bata até ficar homogêneo. Acrescente a biomassa e o coco ralado e bata mais um pouco.

Transfira para uma tigela e coloque o fermento. Mexa bem.

Distribua nas forminhas e coloque um cubo de goiabada em cada, afundando um pouco.

Leve ao forno pré aquecido à 200 graus por 25 minutos, aproximadamente, ou até o palito sair limpo (espete o palito mais na lateral, pois no centro terá goiabada).

Sirva quente ou frio.

Enjoy!

PS: Caso queira um bolo menos calórico, não use a goiabada! Pode colocar sementes de erva doce.

PS 2: Fique atento ao rótulo da goiabada ao comprar, escolha, se possível, uma orgânica e de ingredientes do bem!

PS 3: Você também pode fazer em forma de bolo comum ou de buraco.

Biomassa de banana verde – como fazer, como usar e seus benefícios – Naturalmente Saudável

A biomassa de banana verde é um ingrediente usado com muita frequencia na culinária funcional e saudável.

É um creme espesso obtido através do cozimento e processamento de bananas verdes que age como um espessante, portanto pode ser utilizado em molhos, cremes, sopas, pães, bolos, biscoitos, recheios diversos (panquecas, tortas…), risotos, sucos e vitaminas, substituindo o creme de leite, leite condensado, farinha de trigo e demais agentes espessantes. Não altera o sabor da preparação, pois não tem gosto de banana…acredite!!

Eis alguns dos benefícios e funcionalidade da biomassa:

  • alto teor de amido resistente: semelhante às fibras, não são digeridas, auxiliando o funcionamento intestinal
  • probiótica: fonte de energia para as bactérias boas do nosso organismo, mantendo assim a integridade das mucosas do intestino que são responsáveis pela absorção de nutrientes e prevenindo doenças como câncer
  • aumenta a saciedade: auxiliando no tratamento de obesidade
  • baixo índice glicemico: reduz a absorção da glicose da preparação, sendo aliada de dietas e no tratamento de diabetes
  • fonte de vitaminas antioxidantes e minerais
  • ingrediente do bem: substituto de industrializados
  • pode ser consumido em qualquer idade

É muito simples de fazer:

Biomassa de banana verde

  • Dificuldade: easy
  • Imprimir

IMG_0162

Ingredientes:

  • 1 dúzia ou mais de bananas verdes (bem verdes!!!). Pode usar qualquer banana, mas as maiores farão mais biomassa. Gosto de usar nanica.

Modo de fazer:

Solte as bananas da penca, cortando no cabinho sem deixar a polpa exposta.

Lave bem cada banana. Reserve.

Numa panela de pressão, coloque água suficiente para cobrir as bananas e deixe ferver.

Coloque as bananas na água fervente, assim dará um choque térmico. Tampe a panela.

Cozinhe por 8 minutos com pressão (a panela já deve estar chiando).

Deslique o fogo e deixe descansar por 20 minutos fechada. Sem pressão, abra a panela.

IMG_0164

Retire as bananas aos poucos, descascando e colocando a polpa no liquidificador ou processador.

Bata 5 bananas, colocando um pouco de água mineral morna, depois vá acrescentando as demais.Coloque mais água se precisar, sempre de pouquinho.

Bata bem até formar um creme bem grosso.IMG_8705

 

IMG_8707

Coloque nos potes de armazenamento. Dura até 5 dias em geladeira ou 3 meses congelada.

 

Dicas importantes:

  • a água do cozimento não pode entrar no processamento, pois deixará a biomassa com gosto de banana verde
  • bata as bananas ainda bem quentes para não esfarinhar
  • a biomassa é pesada para bater e pode queimar o liquidificador, por isso acrescento um pouco de água
  • para congelar, separo em porções de 1 col. de sopa, 1/2 xic. chá e 1 xic. de chá, que são as quantidades usadas com mais frequencia nas receitas
  • para descongelar: retire do freezer 1 dia antes ou banho-maria ou microondas com um fio de água mineral (não é o melhor!)

Tente fazer e usar!! Tenho certeza que se surpreenderá!!

 

 

Receitas base da culinária funcional – Naturalmente Saudável

Aqui você encontrará algumas receitas que são base da culinária funcional saudável, que aparecem em diversas receitas do blog.

São preparações simples que podem ser feitas em grande quantidade e armazenadas adequadamente para uso posterior.

Você só precisa de planejamento e organização…e logo fará parte da rotina de sua cozinha!

Borá começar!!

Involtini de beringela – Naturalmente Saudável

Involtini de beringela com molho rústico de tomates

  • Porções: 2-3
  • Dificuldade: easy
  • Imprimir

Involtini de beringela

Para a beringela:

  • 2 beringelas cortadas em fatias de 0,5cm no sentido do comprimento
  • 6 “árvores” de brócolis pré-cozidas no vapor
  • 1 cebola média picada
  • 300gr queijo branco amassado com um garfo (para a opção sem lactose, usar tofú)
  • 1 colher (sopa) biomassa de banana verde (ou cream cheese light)
  • 1/2 xic. de castanha do pará triturada (ou a castanha de sua preferência)
  • azeite
  • sal marinho
  • salsinha picada

Modo de fazer:

Leve as fatias de beringela ao forno com azeite e sal por, aproxiamdamente, 15 min. ou até amolecer.

Numa panela, refogue a cebola com azeite até murchar, acrescente o brócolis picado bem pequeno e, depois, a castanha

triturada. Com o fogo apagado, coloque o queijo branco e a salsinha, tempere com sal e, por último, a biomassa amolecida. Misture bem até formar uma pasta.

Coloque um pouco dessa pasta em uma das pontas da fatia de beringela e enrole.

Leve ao forno em um refratário até dourar.

Para o molho de tomates:

  • 6 tomates italianos maduros cortados em cubos pequenos
  • 2 dentes de alho pequenos
  • folhas de manjericão à gosto (gosto com bastante! e misturo manjericão verde com roxo)
  • azeite
  • sal marinho
  • 1 pitada de açúcar demerara

Modo de fazer:

Numa panela, coloque o azeite e o alho amassado até exalar seu perfume (sem deixar queimar!), acrescente o tomate, as folhas de manjericão, o sal e a pitada de açúcar (reduz a acidez do molho). Deixe cozinhar por, aproximadamente, 25 min. ou até os tomates estarem desmanchados, mas com pedaços (rústico!).

Sirva os involtinis com o molho por cima.

Enjoy!

%d blogueiros gostam disto: