Arquivo da tag: funcional

Quiche veggie com massa de abóbora – sem glúten

Uma receita que surgiu a partir de um reaproveitamento! Sim, essa foi criada assim….tinha um purê de abóbora cabotian (abóbora pura cozida no vapor) na geladeira, sobrando e uma vontade enorme de fazer uma quiche levinha para o jantar…..porque não experimentar uma massa de abóbora?!! E, BINGO!! deu super certo!

IMG_0988

Bem simples de fazer, enquanto a massa pré assa, você prepara o recheio, que nessa torta foi de alho poró, brócolis, queijo de cabra e ovos. Como em quase todas as receitas aqui do blog, te convido a deixar a criatividade rolar solta nas combinações….a massa é neutra, combina com todo tipo de recheio!

 

2016-03-10

Como utilizei o que tinha na geladeira, a base do recheio foi clara em neve, que deu volume e estrutura para os legumes. Ficou super leve.

2016-03-101

Então, bora para a receita!!

Quiche veggie com massa de abóbora

  • Porções: 2
  • Dificuldade: easy
  • Imprimir

Ingredientes:

Massa:

  • 1 xic. pure de abóbora cabotian orgânica
  • 1 xic. amaranto em flocos
  • 1/2 xic. amêndoas cruas
  • 1 col. sopa de sementes de chia
  • 1 pitada de sal rosa

Recheio:

  • 1/2 brócolis orgânico
  • 1/2 talo de alho poró orgânico
  • 1/2 xic. queijo de cabra “esfarelado”
  • 2 ovos orgânicos (claras em neve)
  • sal marinho à gosto
  • cebolinha à gosto

Modo de fazer:

Para o purê, cozinho a abóbora com casca no vapor (a polpa voltada para a água) e depois, retiro a polpa e amasso no garfo ou bato no processador.

Triture as amêndoas junto com o amaranto no liquidificador, para virarem uma farinha.

Junte todos os ingredientes da massa e amasse até ficar uma mistura homogênea. Se estiver muito mole ainda, acrescente mais amaranto (batido para virar farinha) até dar ponto para trabalhar a massa na assadeira. Ela fica úmida, porém não mole.

Unte com óleo de coco, uma assadeira pequena, de fundo removível. Vá distribuindo a massa aos poucos e ajeitando no fundo e nas laterais, deixando uma camada de espessura média (mais fina que na fotos ;| ). Se precisar, umedeça as mãos durante esse processo. Faça furinhos com o garfo na massa para não estufar quando pré assar.

Leve ao forno pré aquecido à 180 graus, por 45 minutos ou até dourar levemente.

Enquanto pré assa, prepare o recheio. Cozinhe o brócolis no vapor, deixando ‘al dente’ e depois corte-o em pequenos pedaços (flores e talos). Corte o alho poró em fatias finas e refogue-o em azeite até ficar macio. Junte o brócolis e o alho poró em um bowl, acrescente as gemas, o queijo de cabra e a cebolinha. Tempere com sal, misture e reserve.

Bata as claras em neve, ponto firme. Só misture as claras aos vegetais na hora de levar a torta novamente ao forno. Já com o recheio, asse por, aproximadamente, 20 minutos ou até dourar, cuidando para não queimar a massa.

Pronto! Agora é só degustar!

IMG_0981

IMG_0987

Enjoy! ;))

 

 

 

Muffin salgado integral para a volta às aulas!!

Depois de umas férias delícia, curtindo muito a família, passeando, brincando, cozinhando (sempre!) e descansando….é hora de retomar a rotina e com ela, as aulas dos filhotes!!

Mais um ano de muuuitos aprendizados para nossos pequenos e para nós pais também….viva a vida!!

Acho que um desafio comum aos pais adeptos de uma alimentação saudável, limpa e sem industrializados, na volta às aulas, é: o que colocar na lancheira das crianças?!!

Para meus filhos, coloco sempre uma fruta, um suco (doBem, maçã da Yakult ou feito em casa) ou água de coco e um complemento, como:

  • um muffin (doce ou salgado)
  • uma fatia de bolo de casa
  • um sanduiche pequeno: pão integral 100% com tomate, queijo branco e saladinha ou com avocado e ovo cozido ou peito de peru e tomate – o peito de peru uso pouco e tenho usado cada vez menos!)
  • um pãozinho com geléia, mel e/ou pasta de amendoim doGrão
  • biscoito de polvilho (uso da marca Vovó Lela, não é jaba!! acho que a composição dele é bacana)
  • cookies feitos em casa (vou colocar receitas 😉 )
  • potinho com granola doGrão
  • alguma bolachinha que encontro pronta de boa qualidade
  • tapioca doGrão
  • pipoca feita na panela com um fio de óleo de coco ou da marca Jasmine (microondas) feita só com sal e milho
  • bolo orgânico Suavipan (sempre tenho em casa para as emergências…)

Essas são algumas idéias que vou variando nas semanas. Nem sempre faz sucesso nas duas lancheiras, às vezes um gosta e o outro não….às vezes tenho que fazer recheios diferentes ou até mesmo lancheiras diferentes….e é assim, fico feliz quando a lancheira volta vazia kkkk

A receita de hj é mais uma idéia para o lanchinho (dos pequenos e dos adultos tbem hehehe):

Muffin salgado integral de frango, tomate e manjericão - sem glúten/sem lactose

  • Porções: 6 muffins
  • Dificuldade: easy
  • Imprimir

IMG_0623

Ingredientes:

Massa:

  • 1/4 xic. chá de farinha de arroz integral
  • 1/4 xic. chá de amaranto em flocos
  • 1/4 xic. chá de ‘leite’ de arroz (usei da marca Risovita)
  • 2 ovos orgânicos
  • 1 col. sobremesa de farinha de linhaça dourada
  • 1 col. sobremesa de azeite de oliva extravirgem
  • 1 col. sopa rasa de fermento em pó
  • 2 pitadinhas de sal marinho
  • pimenta do reino a gosto (opcional)

Recheio:

  • 2 col. sopa cheias de peito de frango desfiado e picado em pedaços bem pequenos – usei iscas de frango prontas que tinha na geladeira, temperadas com gengibre, azeite, sal e pimenta do reino
  • 1 tomate orgânico, sem sementes, picado em cubos pequenos
  • 1 pitada de cúrcuma em pó
  • manjericão desidratado ( ou outra erva de sua preferência, pode usar mais de uma!)
  • sementes de chia para enfeitar

Modo de fazer:

Pré aqueça o forno, à 180 graus. Unte o fundo das forminhas de silicone com azeite. Reserve.

No liquidificador ou mixer, bata os ovos primeiro, acrescente o azeite e, depois, as farinhas e o amaranto e o leite de arroz. Bata bem.

Adicione o frango, os tomatinhos, o manjericão (ou outras ervas), a cúrcuma e tempere com sal e pimenta do reino. Mexa bem com uma espátula.

Por último, coloque o fermento e misture bem.

Despeje nas forminhas, polvilhe com as sementes de chia. Leve ao forno por, aproximadamente, 25 minutos ou até dourar.

Dica: coloco as forminhas em uma assadeira para facilitar o manuseio!

Dica 2: usando essa massa vc pode criar muitos outros recheios….outros sabores….outros formatos….outras cores :))

Enjoy!!

IMG_0626

 

 

 

 

Bolo cremoso de milho – funcional e naturalmente saudável!!

Que tal um bolinho para o fim de semana que está chegando?!

Aproveitando que os milhos orgânicos apareceram novamente nas prateleiras, saiu este bolinho delicioso para a  #lancheira saudável dos meus amores (pequenos e grande!).

É daqueles com gostinho de conforto, aconchego…..quase um colinho saudável 😉

Fica bem molinho! Experimente!

Bolo cremoso de milho - funcional

  • Porções: 1 bolo médio
  • Dificuldade: easy
  • Imprimir

IMG_4825

Ingredientes:

  • 2 xic. de milho orgânico cozido sem sal
  • 1/2 xic. ou mais de água filtrada (para bater o milho)
  • 2 ovos
  • 5 col. sopa de óleo de côco
  • 4 col. sopa de amaranto em flocos
  • 2 col. sopa de farinha de côco caseira
  • 2 col. sopa de côco ralado (ou resíduo do leite de côco)
  • 1 col. sopa de biomassa de banana verde
  • 1 col. sopa de linhaça dourada
  • 1/2 xic. de leite de côco caseiro
  • 1/2 xic. de açúcar demerara (ou mascavo ou de côco, mas escurecerão o bolo)
  • 1 col. sopa de fermento em pó
  • 1 col. chá de canela em pó

Modo de fazer:

No liquidificador, coloque o milho e a água e bata até ficar um creme. Depois, vá colocando nessa ordem, os ovos, o açúcar, o óleo de côco, o leite de côco, o côco ralado, a biomassa amolecida e a linhaça, e vá batendo até ficar homogêneo.

Num bowl, coloque o amaranto, a farinha de côco, o fermento e a canela. Junte o líquido nesse bowl e mexa bem.

Unte uma forma antiaderente ou forminhas de muffim com óleo de coco e asse em forno pré aquecido à 180 graus por 30 minutos, aproximadamente.

IMG_4818

Enjoy!

Banana da terra grelhada com queijo na casquinha de tapioca e cúrcuma

Essa foi uma invenção que virou hit de sucesso aqui em casa. Fiz um dia para o lanche da tarde, mas acho gostoso para comer de café da manhã, aperitivo….

Também já fiz só a casquinha com temperos como alecrim, manjericão, cúrcuma, queijo parmesão ralado para comer pura ou acompanhar alguma pastinha. Inclusive, ela faz parte do cardápio da #lancheirasaudavel das crianças e eles adoram!!

E a banana da terra grelhada em óleo de coco é simplesmente vício! No café da manhã, lanches ou refeições principais ela brilha sempre! Varie no tempero: canela, curry, pimenta e descobrirá um universo de possibilidades!

Vamos à receita….

Banana da terra grelhada com queijo na casquinha de tapioca

  • Porções: 2
  • Dificuldade: easy
  • Imprimir

IMG_3162

Ingredientes:

  • 1 banana da terra
  • óleo de coco para pincelar
  • 1 pitada de canela
  • mel orgânico à gosto
  • 4 fatias de queijo minas padrão light (ou outro queijo de sua preferência)
  • 4 col. sopa de fécula de mandioca hidratada (tapioca hidratada, não a granulada)
  • 1 pitada de cúrcuma
  • sementes de chia à gosto

Modo de fazer:

Em uma assadeira pequena, polvilhe a tapioca passando-a na peneira e espalhe uniformemente toda farinha. Por cima, polvilhe a cúrcuma. Leve ao forno pré aquecido, à 180 graus por 10 minutos ou até ficar crocante. Espere esfriar um pouco e quebre-a em retângulos. Reserve.

Descasque a banana e corte-a em rodelas diagonais de 0,5cm. Pincele as rodelas com óleo de coco e polvilhe canela por cima. Pincele óleo de coco também em uma grelha ou frigideira, acomode as bananas e grelhe-as até dourar dos dois lados.

Montagem: Sobre as casquinhas, coloque as fatias de queijo, depois as bananas, um fio de mel e salpique sementes de chia.

Enjoy!

Brownie funcional deliciosamente incrível!!

A sobremesa que mais amo: bolinhos quentes com sorvete!! Pode ser brownie ou petit gateau de qualquer sabor, quentinho com sorvete (só uma bolinha pode!!)…..amo de paixão!! Portanto, não podia deixar de ter aqui uma receita saudável dessa delícia….esse pode comer sem culpa, é saudável e muuuuito bom!!

Bora adoçar o fim de semana!!

Brownie funcional

  • Porções: 8
  • Dificuldade: easy
  • Imprimir

IMG_2312

Ingredientes:

  • 150g de chocolate 70%
  • 2 ovos
  • 3/4 xic. de leite de coco caseiro
  • 3 col. sopa de biomassa de banana
  • 1 col. sopa de coco ralado
  • 2 col. sopa de farinha de amêndoas (triturar as amêndoas no liqui ou processador)
  • 2 col. sopa cheias de cacau em pó
  • 2 col. sopa de óleo de coco
  • 3 col. sopa de açúcar demerara (ou outro açúcar/adoçante saudáveis)
  • 1 col. café rasa de sal marinho
  • 2 col. sopa de nozes picadinhas (pode ser avelãs ou a castanha que preferir)

Obs: não uso fermento no brownie pois gosto dele sólido e úmido, caso prefira ele fofinho, adicione 1 col. café de fermento em pó

Modo de fazer:

Em banho maria, derreta o chocolate. Retire do fogo e acrescente a biomassa, misture. Vá juntando os demais ingredientes e mexendo bem. Se for usar o fermento, ele deve ser o último.

Unte uma forma retangular com óleo de coco, coloque a massa e espalhe. Asse em forno, temperatura média, por aproximadamente 20 minutos.

Sirva quente ou frio!

Enjoy!

Couve-flor ao crocante de curry

Essa é a minha versão saudável de couve-flor à milanesa!!

Sabor especial que vem do curry, crocância de milanesa e saúde….

Couve-flor ao crocante de curry

  • Porções: 4
  • Dificuldade: easy
  • Imprimir

couve flor curry

 

Ingredientes:

  • 1 couve-flor grande
  • 1 ovo
  • 4 col. sopa de farinha de mandioca
  • 1 col. chá de curry em pó
  • sal marinho ou rosa
  • azeite
  • pimenta do reino à gosto ou caiena (mais ardida)

Modo de fazer:

Separe a couve-flor em árvores menores. Tempere com sal, pimenta e azeite. Reserve.

Em um bowl, bata o ovo com um garfo até misturar bem a gema com a clara.

Num prato, tempere a farinha com curry e uma pitada de sal.

Passe a couve-flor (crua) no ovo, escorra o excesso e enfarinhe.

Coloque-as em uma assadeira antiaderente ou refratário untado com um fio de azeite. Asse em forno médio por, aproximadamente, 20 minutos ou até a couve-flor estar macia (mas não mole demais!) e a farinha dourada.

Sirva quente.

Enjoy!

 

Pastel integral de forno – funcional e sem glúten

Criança na cozinha é sinônimo de mãos na massa literalmente!! E assim foi hoje na criação desses pastéis de forno….começamos à 6 mãos, as menorzinhas cansaram logo….as médias até que ficaram bastante e terminei só com as minhas mesmo kkkkk….sempre uma diversão deliciosa estar com vcs na cozinha….obrigada Gui e Gabi!! ♥ ♥

Estava querendo experimentar a farinha integral de Teff que comprei semana passada e achei que era a oportunidade perfeita…..adorei o resultado! É uma farinha fina, de textura elástica e flexível, um sabor muito bom e cheia de propriedades nutricionais. Eis algumas delas:

  • sem glúten, podendo ser consumida por intolerantes e celíacos
  • excelente fonte de proteínas, com bom equilíbrio de aminoácidos essenciais, em especial a lisina (importante no metabolismo do cálcio)
  • carboidrato de baixo índice glicêmico, por sua alta concentração de amido resistente
  • rica fonte de minerais como cálcio, magnésio, ferro, potássio, cobre, manganês e zinco e em vitamina C
  • boa fonte de antioxidantes
  • integral, portanto com alto teor de fibras

Bora usar!

Pastel integral de forno - funcional e sem glúten

  • Porções: 4
  • Dificuldade: easy
  • Imprimir

pastel de forno 4

Ingredientes da massa:

  • 1 xic. chá de farinha integral de Teff
  • 1/2 xic. chá de farinha de coco caseira
  • 1/4 xic. chá de farinha de beringela
  • 1 col. sopa de polvilho doce
  • 1 col. café de goma xantana
  • 2 col. sopa de azeite
  • 150 ml de água filtrada ou um pouco mais
  • 1 col. sobremesa de chia
  • 1 pitada de sal

Modo de fazer:

Num bowl, coloque todas as farinhas, a goma, o sal e a chia, misture. Adicione o azeite e depois, a água aos poucos. Com as mãos, vá mexendo e amassando até formar uma massa homogênea e modelável.

Com um rolo, abra a massa e com um cortador circular (ou um bowl) de, aproximadamente, 12 cm de diâmetro, faça os círculos, recheie e dobre ao meio. Aperte as bordas suavemente com um garfo. Pincele de gema e cubra com sementes de linhaça ou gergelim.

Em uma assadeira untada com um fio de azeite, asse em forno médio (180 graus) por 25 minutos.

Recheios:

Fizemos 2 sabores:

  • escarola com nozes: refogar a verdura com azeite e alho, tempera com sal e acrescenta as nozes trituradas
  • frango cremoso:refogue o peito de frango com cebola, alho poró e azeite, acrescente tomates picados e um pouco de água, tempere com sal marinho e cozinhe tampado bastante tempo (20 a 25 minutos) até o frango amolecer bem. Com um garfo, desfie o frango na panela mesmo, é só “apertar” os pedaços do frango que já desfia, pois cozinhou bastante. Acrescente salsinha e cebolinha picadas, ervilhas frescas e outros legumes que desejar. É importante que o frango esteja com um pouco de caldo para ficar cremoso. Coloque a biomassa de banana verde amolecida e misture bem.

Outras idéias de recheios: espinafre com ricota, caponata de beringela, palmito, carne moída com azeitonas e o que mais sua criatividade mandar!!

pastel de forno 1

farinha teff

A farinha que utilizei

Enjoy!

Quibe de carne com quinua – funcional e sem glúten – Naturalmente Saudável

Quibe é uma das especialidades da minha mãe. Descendente de família grega, faz a receita que vem passando de geração em geração pela família, a tradicional e deliciosa que leva trigo, carne, cebola e temperos típicos. Prometo um post com essa receita incrível da mamis!

E hoje bateu aquela vontade de quibe, mas não tinha trigo em casa, então resolvi experimentar com quinua. Deu muito certo!! Ficou maravilhoso e levinho.

Fiz de uma forma totalmente diferente da versão com trigo, pois achei que amassar a carne crua com a quinua não iria funcionar….qualquer dia vou testar!

Lá vai….

Quibe de carne com quinua

  • Porções: 4
  • Dificuldade: easy
  • Imprimir
quibe de quinua

Ingredientes:

  • 500g de carne magra moída (uso coxão mole)
  • 1 cebola média picada
  • 2 xic. quinua branca cozida ‘al dente’
  • 1 xic.+ 1 col. sopa de biomassa de banana verde amolecida (receita aqui)
  • 2 col. sopa de gel de chia*
  • 1 col. chá cheia de cominho em pó
  • 1 col. chá cheia de canela em pó
  • 1/2 col. chá de pimenta do reino moída na hora
  • 1/2 xic. de folhas de hortelã picadas
  • 3 echalotas (ou 1 cebola pequena) cortadas em fatias finas
  • 1/2 xic. de castanha do pará triturada (mas com alguns pedaços maiores)
  • sal marinho
  • azeite
  • molho de iogurte com hortelã para acompanhar**

*Para o gel de chia: coloque 2 col. sopa rasas de semente de chia numa tigela pequena, cubra com água filtrada e leve ao microondas por 1 min. Utilize o gel que se forma com as sementes.

**Para o molho de iogurte: 1 pote de iogurte desnatado (capriche na escolha do iogurte! Quanto mais puro melhor!) + 1 col. sopa cheia de azeite + 2 pitadas de sal marinho + 2 col. sopa de folhas de hortelã picadas. Misture bem.

Modo de fazer:

Numa panela, refogue a cebola picada com azeite até murchar, acrescente a carne moída e refogue. Tempere com sal e deixe cozinhar bem, soltando toda carne.

Num bowl, coloque a carne refogada, a quinua e os temperos em pó e misture. Acrescente o gel de chia, a biomassa e a hortelã e, com as mãos, amasse bem até formar uma massa modelável. Reserve.

Na panela, refogue as echalotes com azeite até “caramelizarem”. Reserve.

Em um refratário (15x25cm, aproximadamente), distribua metade da massa do quibe deixando o fundo todo coberto e a massa bem compacta e nivelada. Por cima coloque as echalotas refogadas e depois, as castanhas. Cubra com a outra metade da massa, deixando bem regular e liso.

Asse em forno pré aquecido à 180 graus por 30 minutos.

Sirva com o molho de iogurte com hortelã e uma saladinha.

salada grega

Salada de alface romana com erva doce cortada em tiras, rabanete em rodelas finas, pepinos (sem casca) em rodelas finas, tomatinhos cortados ao meio e azeitonas pretas.

quibe de quinua 2

Enjoy!!

Quiche funcional de espinafre com ricota – massa de grão de bico!!

Acho a combinação quiche com salada perfeita!! E dá para fazer massas muuuito saudáveis, que levam pouca gordura e farinhas do bem.

Mas, eu queria mesmo, uma quiche que pudesse comer a noite sem culpa, que fosse mais leve, sem farinhas. Depois de algumas buscas nos meus livros de culinária e pela intarnet, resolvi fazer essa massa a base de grão de bico. Ficou surpreendente! Finíssima, macia e levemente crocante. Meu marido disse que parecia aquelas massas “podres” bem pouco saudáveis….

Aqui estão alguns benefícios do grão de bico: baixo índice glicêmico (IG); rica fonte de proteínas; alto teor de fibras; excelente fonte de manganês, molibdênio e triptofano (aminoácido relacionado à produção de serotonina, substancia que traz sensações agradáveis e bem estar).

Vale a pena experimentar!!

Quiche funcional de espinafre com ricota

  • Porções: 8
  • Dificuldade: easy
  • Imprimir

quiche espinafre 1

Ingredientes:

  • 1,5 xic. chá de grão de bico cozido
  • 1 col. sopa de amaranto em flocos
  • 1 col. sopa de farinha de linhaça dourada
  • 1 col. sopa de sementes de chia
  • 2,5 col. sopa de azeite de oliva
  • 1 col. chá de sal marinho
  • 1/4 xic. chá de água filtrada
  • 1 maço de espinafre orgânico picado
  • 2 xic. chá de ricota de búfala amassada com garfo
  • 1/2 talo de alho poró picado
  • 3 ovos
  • sal marinho
  • pimenta do reino
  • noz moscada ralada na hora
  • 2 col. sopa de queijo feta (ou outro de ovelha ou cabra) ralado

Modo de fazer:

Para a massa: o grão de bico deve ficar de molho em água por, no mínimo, 12 horas. Escorra e cozinhe até o grão estar macio.

Bata no liquidificador os grãos de bico com azeite, sal e a água. Transfira para uma tigela e acrescente o amaranto, a farinha de linhaça e a chia. Amasse com as mãos e, se precisar, acrescente um pouco de água, até dar o ponto. A massa deve estar homogênea e modelável, sem ficar grudando nas mãos.

Unte, com azeite, uma assadeira redonda de fundo removível. Coloque a massa no fundo e laterais da assadeira, em pedaços pequenos e vá emendando. A espessura pode variar conforme sua preferência, mais fina ou mais grossa. Reserve.

Para o recheio: Numa panela, refogue o alho poró com azeite até murchar, acrescente o espinafre e refogue também até murchar. Acrescente a ricota amassada e tempere com sal e pimenta à gosto. Coloque sobre a massa.

Numa tigela, bata com um mixer os ovos com uma col. sopa de água, sal e a noz moscada ralada na hora à gosto. Despeje sobre a ricota com espinafre, espalhando por toda a quiche. Polvilhe o queijo feta por cima.

Asse em forno médio pré aquecido, por 30 minutos aproximadamente, ou até o queijo feta estar dourado.

Sirva com salada.

Enjoy!

Creme funcional de abóbora – Naturalmente Saudável

Desde criança adoro sopa, aliás todos na família gostam muito….ela aparece com frequência em nossos jantares aqui em casa ou quando estamos todos reunidos na chácara. Sempre variando o estilo, às vezes cremosa, às vezes caldosa, com legumes, com proteínas, com ou sem massa, oriental, thai, estilo caseira, canja…..não importa, é sucesso sempre!!!

E a saúde agradece, pois normalmente vem cheia de ingredientes do bem e nutrientes….o corpo agradece, pois aquece, acolhe e conforta!

Creme funcional de abóbora

  • Porções: 6
  • Dificuldade: easy
  • Imprimir

IMG_0251

Ingredientes:

  • 1 abóbora cabotian descascada, cortada em cubos grandes (se preferir, pode usar com casca, a sopa ficará esverdeada)
  • 1 talo de alho poró cortado em rodelas
  • 1 cenoura cortada em cubos
  • 2 xic. de leite de coco caseiro (receita aqui)
  • 2 col. sopa de biomassa de banana verde amolecida(receita aqui)
  • azeite
  • sal marinho
  • pimenta dedo de moça à gosto (opcional)
  • Coberturas: folhas de coentro, queijo de cabra, sementes de girassol ou outra, chips de peito de perú*, aspargos verdes salteados em azeite

Modo de fazer:

Numa panela, refogue o alho poró com azeite e quando murchar, acrescente a abóbora e a cenoura. Refogue por uns 3 minutos. Acrescente água filtrada até cobrir metade da quantidade de abóboras, tempere com sal e cozinhe até amolecê-las.

Bata no liquidificador ou com um mixer até obter um creme. Volte ao fogo, acrescente a biomassa e o leite de coco. Pronto!

Sirva com as coberturas e um fio de azeite.

*Para o chips de peito de perú: coloque sobre um prato, fatias de peito de perú e leve ao microondas, de 1 em 1 minuto até ficar crocante.

Enjoy!

PF de casa com frango rolê empanado – Naturalmente Saudável

Adoro esses empanados funcionais! Transformam um filé de peixe ou frango em um prato diferente, incluindo textura, sabor e nutrientes. Variedade é fundamental na cozinha do dia a dia!

Essas são algumas das farinhas e sementes que você pode usar e combinar: farinha de mandioca, farinha de coco, farinha de linhaça dourada, amaranto em flocos, quinua em flocos, sementes de linhaça, de gergelim, de girassol…também pode usar castanhas trituradas. Conforme você variar a composição do empanado, o sabor mudará. Experimente!!

PF com frango rolê empanado

pf com frango role empanado

  • Frango rolê empanado: filé de frango fino temperado com azeite, sal e gengibre ralado. Colocar um palito de cenoura numa das pontas do filé, enrolar, passar na farinha do empanado (idéias acima da receita) e prender com um palito. Assar em forno médio até dourar, cuidando para não ressecar. Você pode usar outros legumes no recheio, eles ajudam a manter a umidade do frango.
  • Arroz cateto integral
  • Feijão de casa: molho por 1 noite em água e umas gotinhas de vinagre de maçã. Cozinha na pressão, depois tempera com alho refogado no azeite, sal marinho e folhas de louro.
  • Abóbora cabotian refogada em azeite e alho, por cima folhas de coentro.
  • Salada de hoje: folhas orgânicas, tomatinhos, beterraba no vapor, queijo feta e sementes de girassol.

salada com beterraba cozida

Perfect!

Fusili integral com abóbora assada e queijo feta – Naturalmente Saudável

Essa massa ficou incrível!! Combinação perfeita de sabores!

O queijo feta é produzido com leite de ovelha (ou a mistura dele com o de cabra) que possui teor de lactose reduzido em comparação ao de vaca, e o processo de maturação do queijo elimina a lactose completamente. Portanto, é uma excelente alternativa aos intolerantes à lactose.

Fusili com abóbora assada e queijo feta

  • Porções: 2
  • Dificuldade: easy
  • Imprimir

fusili abobora

Ingredientes:

  • 1/2 abóbora cabotian descascada e cortada em cubos de 1a 2cm
  • 2 dentes de alho inteiros
  • 1 ramo de alecrim
  • azeite
  • sal marinho
  • fusili integral – quantidade para 2 pessoas (para ser sem glúten, apenas troque a massa por uma opção sem glúten)
  • 3 col. sopa de queijo feta “esfarelado”
  • 1/2 xic. de leite de amêndoas
  • amêndoas laminadas para finalizar
  • 1 pitada de pimenta do reino moída na hora

Modo de fazer:

Numa assadeira, coloque a abóbora espalhada e os dentes de alho, tempere com azeite, sal e alecrim e asse em forno médio por 25 minutos ou um pouco mais, se precisar. Mexa de vez em quando para dourar todos os lados. Reserve.

Cozinhe a massa seguindo as instruções da embalagem. Escorra e reserve.

Numa panela, coloque 1 e 1/2 col. sopa de azeite e 1 dos dentes de alho assados e amasse-o com um garfo e deixe dourar levemente. Acrescente a massa cozida e a abóbora e mexa. Vá colocando o leite de amêndoas aos poucos e apenas para aquecê-lo e mexa. Coloque 2 das col. sopa de queijo feta e mexa.

Sirva no prato e coloque o restante do queijo feta por cima, salpique as amêndoas laminadas, regue com azeite e tempere com 1 pitada pequena de pimenta do reino moída na hora. Coma bem quentinho!

Enjoy!

Sopa cremosa de couve flor – Naturalmente Saudável

Essa é uma das minhas sopas favoritas. Receita do programa Bela Cozinha, do GNT, com algumas modificações minhas….não resisto em fazer umas mudancinhas nas receitas hehe….

A couve flor é uma hortaliça de fácil digestão, rica em cácio, fósforo e vitaminas A e C. Livre de gorduras e possui baixo teor de sódio e carboidratos.

Leve e quentinha, aquece, acolhe e nutre de forma naturalmente saudável!

Sopa cremosa de couve flor

  • Porções: 2
  • Dificuldade: easy
  • Imprimir

IMG_9766

Ingredientes:

  • 1 couve flor média orgânica
  • 1/2 talo de alho poró
  • 1 col. sopa de biomassa de banana verde (opcional – receita aqui)
  • noz moscada ralada na hora
  • azeite
  • sal marinho
  • salsinha para polvilhar

Modo de fazer:

Separe a couve flor em pequenas árvores e cozinhe por uns 6 minutos em água e sal. Escorra e reserve a água do cozimento.

Numa panela, refogue o alho poró em azeite até murchar, acrescente a couve flor (reserve algumas árvores menores para colocar no fim do preparo). Refogue por uns 3 minutos, depois acrescente a água do cozimento e deixe ferver por mais uns 3 minutos. Acrescente a biomassa. Bata no liquidificador ou mixer. Coloque as árvores que reservadas.

Tempere com noz moscada e corrija o sal.

Sirva com um fio de azeite e salsinha picada.

Enjoy!

Hambúrguer de quinua e abóbora – Naturalmente Saudável

Quase impossível não ficar bom com essa combinação quinua e abóbora!!!

Cheio de nutrientes, uma refeição completa: proteínas, carboidratos, gordura boa, vitaminas e minerais….todos ingredientes do bem….comida de verdade!

Hambúrguer de quinua e abóbora

  • Porções: 2
  • Dificuldade: easy
  • Imprimir

hamburguer quinua

Ingredientes:

  • 1 e1/2 xic. de quinua cozida (em água ou caldo de legumes caseiro)
  • 1/3 cebola roxa picada
  • 1/3 abobrinha italiana cortada em bubinhos
  • 1/3 cenoura cortada em cubinhos
  • 2 rodelas de pimentão vermelho e 2 de pimentão amarelo cortados em cubinhos
  • 1 pedaço de alho poró (2 dedos) cortado em cubinhos
  • 1/4 de abóbora cabotian cortada em fatias com casca
  • azeite
  • sal marinho
  • cheiro verde à gosto
  • farinha de coco

Modo de fazer:

Asse a abóbora com azeite e sal até dourar. Retire a polpa da casca e amasse com um garfo, fazendo um “pure”. Reserve.

Numa panela, refogue a cebola no azeite, depois coloque a cenoura, deixe cozinhar um pouco e coloque a abobrinha, o alho poró e os pimentões. Refogue por uns 5 minutos.

Acrescente a quinua cozida e mexa. Corrija o sal. Tempere com cheiro verde picado.

Transfira para uma tigela e acrescente o pure de abóbora. Mexa e amasse com as mãos até ficar uma massa homogênea. Modele em forma de hambúrguer (ou como preferir) e passe na farinha de coco para “empanar”.

Asse em forno médio por 20 minutos, aproximadamente, ou até dourar.

Sirva quente com uma salada deliciosa!

hamburguer quinua 2

PS: você pode usar acrescentar temperos como canela, noz moscada, pimenta e outros, e também algum queijo como ricota ou tofú,  como desejar!

Enjoy!

PF de casa com rocambole de frango – Naturalmente Saudável

Esse rocambole de frango é super nutritivo, saudável e muito gostoso.

Você pode fazer com ou sem glúten, basta seguir a receita e as substituições.

Aqui em casa faz sucesso!!

PF com rocambole de frango

rocambole frango 2          rocambole frango

Para o rocambole (com glúten):

  • 500gr de peito de frango moído
  • 3 fatias de pão 100% integral
  • 1 cenoura ralada grossa
  • 1 cebola pequena picada
  • 2 dentes de alho amassados
  • 2 col. sopa de semente de linhaça ou chia
  • salsinha a gosto
  • sal marinho
  • 6 fatias de peito de perú (sei que não é perfeito, mas dá um sabor especial para o rocambole….ainda não encontrei substituto!)

Para a versão sem glúten, substitua as fatias de pão integral por:

  • 2 col. sopa de amaranto em flocos
  • 2 col. sopa de quinua em flocos
  • 2 col. sopa de farinha de linhaça dourada
  • 1 ovo (uso apenas se a massa fica muito seca)

Modo de fazer:

Refogue a cebola em azeite até murchar, depois acrescente o alho. Deixe esfriar um pouco e transfira para uma tigela junto com todos os outros ingredientes, exceto o peito de perú. Amasse bem com as mãos até formar uma massa homogênea.

Abra um pedaço (uns 60cm) de filme de pvc (magipack) na bancada, espalhe a massa de frango em cima. Coloque as fatias de peito de perú sobre o frango. Comece enrolando em uma das extremidades e com a ajuda do filme de pvc, vá fazendo um rocambole. O filme de pvc deve ficar fora do rocambole!

Passe um fio de azeite sobre o rocambole e polvilhe sementes de linhaça e gergelim. Asse, em assadeira de pão de forma antiaderente, à 200 graus por uns 50 minutos ou até cozinhar e dourar. Sirva em fatias.

PF  com rocambole frango

E no prato também tinha:

  • Abóbora assada com casca, azeite, sal e alecrim
  • Espinafre refogado com azeite e alho, por cima sementes de girassol cruas
  • Salada: folhas, chuchu no vapor, broto de feijão moyashi (apenas jogo na água fervendo e tiro) e tomatinhos

Salada com moyashi

Nhami!

Manteiga de amendoim – Naturalmente Saudável

Essa é uma das 5 maravilhas da culinária saudável, funcional. Amo de paixão!

Você pode comprar pronta (mas escolha bem, deve ser composta apenas de amendoim!!) ou fazê-la dessa forma:

Manteiga de amendoim

mateiga amendoim

Ingredientes:

  • 1kg de amendoim sem pele (se não encontrar sem pele, tire-a depois de torrar o amendoim)

Modo de fazer:

Numa assadeira, espalhe o amendoim e torre, em forno médio, mexendo sempre e atento para não queimar. Se o seu amendoim for com pele, após torrar esfregue o amendoim nos dedos e remova a pele.

No processador, coloque os amendoins torrados e bata por bastante tempo. O mais importante nesse processo é acreditar que vai dar certo, que vai virar manteiga de amendoim. Primeiro, o amendoim tritura, depois vira uma farofa que começa a embolar, fica parecendo uma paçoca rodando no processador e então, começa a virar manteiga, saindo do estado sólido para o estado cremoso.

Se quiser a manteiga de amendoim crocante, ou seja, com pedaços de amendoim maiores dentro, separe um pouco do amendoim triturado no começo do processo e misture depois que virar manteiga.

Simples assim! Eis a manteiga de amendoim!

Você pode colocá-la nas frutas, na torrada, no pão, na panqueca, com queijo, com mel….. e também utilizá-la em preparações doces e salgadas.

IMG_0487

Gosto muito de fazer uma tigela com: frutas (nessa tem banana e maçã), queijo branco em cubinhos, algumas uvas passas, uma colher de manteiga de amendoim, um fio de mel e linhaça por cima. Lanche da tarde perfeito!

Enjoy!

Bolo de frutas secas, maçã e nozes – Naturalmente Saudável

Sem comentários esse bolo….simplesmente delicioso!!

Que tal para o lanche da tarde?!!

Bolo de frutas secas, maçã e nozes

  • Porções: 8
  • Dificuldade: easy
  • Imprimir

bolo de frutas secas

Ingredientes:

  • 1 xic. de farinha de trigo integral
  • 1 xic. de farinha de aveia
  • 200ml de leite de coco
  • 1 maçã sem casca picadinha (ou pera)
  • 1/2 xic. de melado de cana
  • 1/2 xic. de nozes picadas (ou castanha do pará)
  • 1/2 xic. de mix damascos secos picados e uvas passas escuras (pode usar tâmaras também)
  • 1 col. chá de canela em pó
  • 1 col. chá de noz moscada ralada na hora
  • 2 col. chá de bicarbonato de sódio

Unte uma assadeira de bolo inglês com óleo de girassol ou óleo de coco. Pré aqueça o forno à 180 graus.

Numa tigela, misture o leite de coco com o melado e dissolva bem.

Em outra tigela, junte as farinhas, as frutas, as nozes, a canela e a noz moscada. Acrescente o líquido ao seco e mexa bem. Por último, coloque o bicarbonato e mexa.

Coloque na assadeira e asse por, aproximadamente, 35 minutos ou até o palito sair limpo.

Enjoy!

PS: o bolo fica escuro por causa do melado de cana.

Lasanha de pupunha e cogumelos – sem massa – Naturalmente Saudável

Da série “jantares leves”, hoje temos a lasanha de pupunha com recheio de cogumelos, vegetariana, sem massa, sem glúten, sem lactose, com muuuuito sabor e, naturalmente, saudável!!

Lasanha de pupunha e cogumelos

  • Porções: 2
  • Dificuldade: easy
  • Imprimir

lasanha pupunha

Ingredientes:

  • 1 bandeja de shitake
  • 1 bandeja de shimeji
  • 1 bandeja de cogumelos paris
  • 2 col. sopa de biomassa de banana verde amolecida(receita em ‘base da culinária funcional’)
  • 2 bandejas de palmito pupunha cortado para lasanha (já compro assim)
  • salsinha e cebolinha orgânicas
  • sal trufado (opcional)

Modo de fazer:

Corte o shitake e paris em tiras finas e desmonte o shimeji em partes pequenas. Numa panela ampla, refogue os cogumelos em azeite e deixe cozinhar até secar quase toda água que formar. Tempere com sal marinho e o cheiro verde. Acrescente a biomassa e mexa bem. Reserve.

Em outra panela, com água fervente e sal, coloque o palmito por 1 minuto, retire e deixe escorrer. 

Para a montagem: unte um refratário quadrado ou retangular com azeite. Coloque a 1a camada de pupunha, salpique 1 pitada do sal trufado por cima (opcional) e coloque 1 camada de cogumelos; 2a camada de pupunha, sal trufado, 1 fio de azeite, cogumelos; 3a camada de pupunha, repita como a 2a; cubra com a última camada de pupunha. Coloque um fio de azeite, cubra com papel aluminio e leve ao forno por 25 minutos.

Enjoy!

PS: se você for usar o sal trufado, cuidado com as quantidades de sal (marinho e trufado) que utilizar em todas as preparações desse prato para não salgar demais!

 

Pamonha – o legítimo doce do milho – Naturalmente Saudável

Ontem à tarde bateu aquela vontade de comer pamonha….família reunida na chácara é sempre sinônimo de invenções na cozinha!! Saiu uma pamonha legítima, deiciosa e saudável, claro!

A cunhada Rafinha ajudou na execução e solucionou o problema de não termos palha boa e suficiente para embrulhar as pamonhas. Fizemos embaladas em filme de pvc (magipack) como ela tinha visto a Rita Lobo fazer ovos poché num programa de TV. Deu muito certo!!

Olha só como é fácil de fazer:

Pamonha

  • Porções: 11 a 12 unidades
  • Dificuldade: easy
  • Imprimir

pamonha

Ingredientes:

  • 6 espigas de milho
  • 1/2 copo de água
  • 1 xic. açúcar demerara (ou menos)
  • 1/2 xic. coco fresco ralado
  • 1 pitada de sal
  • canela em pó (opcional)

Modo de fazer:

Em uma panela grande, coloque água para ferver.

Debulhe o milho. No liquidificador, bata todos os ingredientes até obter um creme.

Para embrulhar: a forma tradicional é usando a palha; despeja um pouco do creme em cada palha e embrulha formando um pacotinho, amarra com barbante ou tiras da palha mesmo. Não domino bem essa técnica….

A forma como fizemos foi usando filme pvc (magipack); corte pedaços do filme de mais ou menos 15x15cm. Coloque o flime cortado numa xícara de chá, afundando um pouquinho. Despeje o creme no filme, junte as pontas fechando como uma trouxinha. Amarre com tiras da palha ou barbante.

Coloque os pacotinhos na água já fervendo. Cozinhe por 40 min ou até perceber que a massa está cozida.

Sirva quente ou fria. Pode polvilhar canela ou se preferir, queijo ralado.

Enjoy!

PS: olha a foto dos pacotinhos de magipack fervendo!

pamonha cozinhando

Leite de inhame – como fazer, como usar e seus benefícios – Naturalmente Saudável

O inhame é um tubérculo cheio de propriedades:

  • Possui função depurativa: purifica o sangue, fortalecendo o sistema imunológico 
  • Rico em vitaminas B6, C, ferro, cálcio, potássio e magnésio
  • Contém amido e fibras solúveis: boa fonte de energia, com baixo indíce glicêmico (IG), ou seja, controla os níveis de açúcar no sangue
  • Fortalece os ossos, tem função antibiótica e facilita a digestão
  • Ajuda a equilibrar os níveis do hormônio feminino progesterona, auxiliando nos sintomas da TPM

O ácido oxálico presente no inhame pode ser tóxico para algumas pessoas. Ele não é prejudicial à saúde, mas é responsável pela coceira que algumas pessoas sentem ao manipular o inhame cru. Essas pessoas devem ter cautela ao consumí-lo cru, como em sucos, por exemplo.

O leite do inhame pode ser utilizado em preparações como pães, bolos, tortas, pures, sopas e até mesmo em vitaminas com frutas (para os não sensíveis ao ácido oxálico).

Veja como fazê-lo:

Leite de inhame

leite inhame

Ingredientes:

  • 2 inhames médios
  • 500ml de água filtrada

Modo de fazer:

Descasque os inhames, corte e deixe de molho em água por 8 horas. Despreze a água.

Bata no liquidificador com a água filtrada por uns 4 minutos.

Coe em pano limpo espremendo bem.

Conserve em garrafa de vidro por até 5 dias na geladeira.

O resíduo do leite pode ser usado em massas de biscoitos e tortas, sopas ou para engrossar molhos.

Você pode também não coá-lo e usufruir de toda sua fibra no leite.

 

%d blogueiros gostam disto: